Dicas para quem quer casar na praia

Pessoal, sabemos que casamento na praia é algo lindo e é sonho de muitos casais. Quem não quer casar na praia e ter aquelas fotos belíssimas com aquele sol alaranjado se pondo e depois da festa poder se deliciar com um banho de mar com o seu amor, renovando os votos e iniciando uma vida a dois? Sim, não deixa de ser o recomeço de uma nova caminhada, agora então casados.

Pois é, mas casar na praia, realizar esse sonho, implica em tomar algumas providências para que esse momento mágico aconteça. Não se preocupe, pois não é nada mirabolante para quem quer realizar um sonho assim!  Então, pontuei aqui algumas dicas para que você dê uma atenção especial, principalmente se quiser ter fotos incríveis desse dia inesquecível. Vamos lá!

1 – Já pensou na praia?

Você deve começar por aí. Destination Wedding é só um nome americanizado que você vai ouvir falar – isso só quer informar que é um casamento que acontece em uma cidade diferente das de origem dos noivos. Claro! Pois pode ser que na cidade dos noivos NÃO tenha praia, mas se o sonho é casar na praia, os noivos saem de sua cidade para tal coisa. Se sua cidade tem praia e também praias ao redor, como a cidade de Fortaleza, que conta com estrutura para eventos assim, como fornecedores, espaços, hospedagem, transportes e etc. aproveite! No entanto, a escolha é sua! Procure por casamentos em praias, veja fotos de casamentos nelas e fale com sua cerimonialista se já tiver contratado uma e com seu fotógrafo, ou seja, pessoas que lidam com esse tipo de evento frequentemente e que podem com propriedade te dar uma luz.

2- Pense na época do ano

Este é uma dica importantíssima. Então, a época do ano – não pode ser no inverno. Vai que chove na hora e estraga tudo? Já pensou no transtorno? Case no verão da sua região, estado, capital, país – naquela época em que o sol se põe mais tarde e que seja no final da tarde, nada de pela manhã ou início da tarde – isso é horrível para as fotos, acredite!

3 – Decoração praiana

Veja bem, se você quer e vai casar na praia, nada mais justo que a decoração do seu grande dia seja inspirada no mar, na praia, no verão, como conchas, estrelas do mar, cavalo marinho, flores, que tenha a cor branca, cores do mar, cadeiras de madeira, de palha, tenda para o altar, luzes de quermesse, arco de flores, enfim… A imaginação é o que manda. Não esqueça a sofisticação, é algo praieiro, mas pode ser sofisticado!

4 – Cardápio

Casar na praia requer uma atenção especial ao cardápio, que precisa também ser pensado com frutos do mar, peixe, ostras, lulas e etc. Que as bebidas sejam geladas e refrescantes.

5 – Lembranças

Casamento na praia nos intui a liberdade, ao mar, ao vento e muita gente que eu fotografei casamento na praia dá chinelos personalizados como lembrança que depois da festança podem ser usados ali mesmo, principalmente para as mulheres. No entanto INOVE, não caia no tradicional, você pode pensar em ouro tipo de lembrança para dar aos convidados. Pense!

6 – Horário

Outro quesito importantíssimo é sobre o horário em que a cerimônia em si deve acontecer. Isso é importantíssimo para manter a harmonia da iluminação durante toda a fase crucial da cerimônia que é: entrada do noivo, da noiva, das alianças, beijo e saída dos noivos – esses momentos citados precisam iniciar e finalizar durante a luz do sol ainda. Por exemplo, em Fortaleza, deve iniciar às 16h30min e finalizar no máximo às 17h15min durante o verão – em outras cidades, esse horário muda. Claro, o cerimonial, o celebrante e demais pessoas envolvidas PRECISAM saber desse espaço tempo. Isso não é só por causa fotografia, para que as fotos fiquem bonitas, com mesma intensidade de luz, mas para o celebrante que as vezes lê algo na bíblia, e acredite, já tive que virar o LED para o celebrante então conseguir ler, pois não conseguia devido a iluminação ser muito crítica e para outros profissionais envolvidos.

7 – Fotografia

Claro que eu não ia esquecer-se do ponto crucial de um casamento. É com fotos que você vai, depois de tudo, se surpreender com momentos que jamais pensou que fossem fotografados, como fotos da dança, certos detalhes e olhares espontâneos e vai ver aquele pôr do sol nas imagens do seu grande dia como sempre sonhou. Portanto, acredite que a experiência de um fotógrafo, principalmente em casamentos ao ar livre é algo importante, porque ele vai ter que saber lidar com oscilações brutais de iluminação – trabalhando ao mesmo tempo com luz artificial e natural para que aquele pôr do sol e o mar realmente apareçam na imagem, em vez de ficar aquele “brancão” lá ao fundo das fotos. Por isso estou aqui, para me certificar que entreguei algumas dicas importantes, inclusive essa!

Se gostou, compartilhe com uma amiga noiva!

Abraços, Yta

Você pode ver também:

yta-castro
yta-castro

Yta de Castro

Fotógrafa de casais e família desde 2011 com milhares de trabalhos já realizados! Que tal eu fotografar você?

Categoria: ,

Posts mais recentes:

Gostou do conteúdo?

Receba as Novidades no E-mail

Gostou do conteúdo?

Você também pode Gostar:

plugins premium WordPress