Dente de leite: e agora? Saiba o que fazer! | Yta

Todo ser humano passa por diferentes fases ao longo da vida. Um exemplo bastante claro disso é que quando recém-nascidos não possuem dentes e, passado algum tempo, começam a despontar os primeiros dentinhos que passarão apenas um período na boca das crianças.

Os famosos dentes de leite ou decíduos, como são chamados dentro da odontologia, fazem uma espécie de transição entre as fases da criança. Compostos por 10 dentes em cada arcada, ou seja, inferior e superior, a partir dos cinco anos é comum que os primeiros comecem a cair para dar espaço aos novos e permanentes.

Nessa hora, inevitavelmente rola um momento de segurança e apreensão, principalmente por parte dos pais, já que muitas vezes este pode ser um processo um pouco mais chato do que se pode supor.

Está na hora dos dentes de leite do seu filho caírem?
Não sabe se espera o processo natural ou se vai até o dentista para acelerar esta troca? O que é melhor e mais aconselhável e como explicar para os pequenos que ficar “banguela” não durará para sempre? Veja essas e outras respostas neste artigo. Também se atente para este processo de mudança!

Deixar cair ou arrancar: o que é melhor?
Todo processo dito natural é muito melhor para a saúde do que aqueles que requerem intervenção com anestesias e bisturis. Desta forma, evidentemente é melhor esperar que o dente de leite caia espontaneamente ao invés de correr até um dentista.

É claro que há casos considerados como exceções – como de quando os dentes permanentes já estão despontando, seja por estarem estes adiantados e os de leite nada de amolecer e cair, seja por estarem atrasados.

Nessas circunstâncias o acompanhamento de um profissional fará toda a diferença até mesmo na decisão sobre retirar o decíduo ou não.

Nos demais casos, cada criança bem como cada dente possuem um tempo certo para vir a cair, jamais queira antecipar este procedimento tão natural ao organismo humano, combinado?

Como explicar esta troca para a criança?
Enquanto que muitas crianças esperam ansiosamente pela troca dos dentes por considerarem esta uma etapa de crescimento, outras acabam por ficarem envergonhas devido à aparência banguela.

Como lidar com tais situações?

Primeiramente é indispensável que os pais expliquem aos filhos que esta troca é comum a todos. Quem ainda não trocou os seus dentes, inevitavelmente em breve trocará.
Por mais que a criança seja pequena é válido explicar que este procedimento é natural e necessário para que novos e mais fortes dentes venham a nascer, dentes estes que serão permanentes e que lhes acompanharão pelo resto da vida.

Ainda é importante ressaltar para a criança que tal troca não irá lhe causar dores já que o processo, quando guiado de modo natural, nem mesmo se faz perceber.

O que fazer com os dentes de leite depois que eles caem?
Nesse momento, os pais podem falar sobre a “fada dos dentes” possibilitando que a lenda por trás da queda dos decíduos continue.
O que de fato será feito com este dente, entretanto, fica a critério dos pais que podem vir a guardar os dentes como uma recordação ou podem doá-los a instituições de odontologia para estudo.

O que interessa mesmo disso tudo é que é um MARCO na vida do seu filho e porque não registrar esse momento em família com fotografias divertidas e incríveis? Banguela ou não, seu filho vai ficar lindo nas fotos!!

Entre em contato conosco AQUI para fazer aquela foto inesquecível!

Gostou do artigo? Compartilhe!

Você pode ver também:

yta-castro
yta-castro

Yta de Castro

Fotógrafa de casais e família desde 2011 com milhares de trabalhos já realizados! Que tal eu fotografar você?

Categoria:

Posts mais recentes:

Gostou do conteúdo?

Receba as Novidades no E-mail

Gostou do conteúdo?

Você também pode Gostar:

plugins premium WordPress